quarta-feira, 26 de março de 2008

Questão de Peso

O tempo passa e a impressão que tenho é que só o perdi. Minha oscilação de peso é tão grande que fica cada vez mais difícil sentir o tempo fazer efeito. Passam os meses e continuo lutando para emagrecer. Daqui a pouco, é o meu aniversário e vou passá-lo me sentindo péssima, com auto-estima lá embaixo.

Os meses de terapia já me fazem ter a consciência do motivo do efeito sanfona. Uso a comida como uma forma de compensação do prazer no final do dia. È o seguinte: durante o dia mantenho a dieta numa boa, chega à noite como demais durante o jantar, porque tenho que me sentir satisfeita, entupida de comida, para ter a sensação de estar completa.

Isso é muito ruim. Tenho a consciência, mas não consigo despertar aquela força de vontade. Falta gostar mais de mim, parar de me punir. Buscar a satisfação em outras coisas. Ter mais tolerância com as emoções do dia a dia. Tenho vergonha de olhar para as pessoas, não me sinto mais bonita, me sinto pesada, enorme, feia. Não quero sair de casa, não quero encontrar os amigos, quero me esconder do mundo enquanto estiver gorda...

Recomecei novamente. Fui à nutricionista e não emagreci nada mês passado, mesmo ralando na academia. Agora, ela quer me ver de 15 em 15 dias. Acho que vai ser melhor, me animou. Estou começando a me controlar, ontem à noite foi uma vitória. Vou começar a contar os dias em que venço a ansiedade e a vontade de comer sem limites, assim minha compensação vai ser em frente ao espelho.

Estou um pouco deprimida. Isso foi só um desabafo. Tenho certeza que têm muitos gordinhos que se sentem assim como eu. É muito difícil seguir nessa luta, as pessoas pensam que os gordinhos são preguiçosos, mas não é verdade. O importante é que mesmo assim não vou desanimar! Vencerei!

2 comentários:

Andréa Christina disse...

A vida é feita de altos e baixos. Cada dia que enfrentamos é uma batalha que vencemos ou perdemos. Todos tem seus próprios monstros e o que nos faz passar por eles é a força e a perceverança. É muito mais difícil vencer os monstros que há dentro de nós! Para isso devemos redobrar o cuidado. É muito mais facíl ficar deprimida e se entregar. Basta não fazer nada. Viver é uma luta!! Precisamos vence-lá todos os dias!! Deus te dê forças para enfrentar cada obstaculo, não só este!! E sempre que precisar é só chamar!!! Bjs

Alê disse...

Oi Vá!
Não desanime!
Concordo com a Andréa e o seu maior desafio é vencer os seus próprios medos.
Força, perseverança e determinação!
Você vai conseguir!
Bjs!