segunda-feira, 17 de março de 2008

Um final de semana em SP





Diferente e agradável. Esse foi o final de semana em Sampa. Estava frio, mas o clima aconchegante. Nada como matar a saudade da amiga e curtir um pouco o que a cidade da garoa tem a oferecer. Além da recepção impecável da Lê, a oportunidade de passear pela 25 de março, o shopping Eldorado, o Ibirapuera, a noite da Vila Madalena, as grande avenidas, os bairros nobres, o viaduto do Chá e fazer jus a fama do trânsito pesado foi o que deu charme a visita.

O melhor de tudo foi prestigiar a Lê. Ela está me saindo uma “dona de casa” de mão de cheia. Dona de casa porque é a dona de tudo ali que cuida com muito carinho. Casar penso que não é fácil, mas deve ser gostoso. A casa típica de recém-casados, tudo novinho, limpinho, confortável. Lavar, passar, cozinhar, cuidar do marido essa é a parte que deve ser difícil... mas, nós mulheres tiramos de letra!

A saudade também bateu forte. Foram só três dias, mas deu para sentir falta do meu amor, dos meus dogs, e da minha family. O sentimento também temperou a viagem. Afinal, é muito gostoso ter saudade quando temos a certeza de que vamos nos encontrar novamente. Pensar em mim, no que sou, como sou, o que quero, o que vou fazer e ficar filosofando sobre a vida também fez parte do roteiro de ida, sozinha, enquanto ia de ônibus.

A parte ruim para variar, foi justamente na ida e na volta dentro ônibus (tinha que ser comigo). Sempre tinha um idoso abençoado a roncar no meu ouvido! Rsrsrs Mas, nada que desabonam os dias na companhia da minha amiga afilhada de casamento!

Agora, você (nossa amiga que ainda não visitou a Lê): vá! Confira o que eu digo!

3 comentários:

Alê disse...

Oi Vá!
Fiquei muuuuuito feliz com sua visita!
Estava com saudades de um bom bate-papo e de andar por aí olhando vitrines e fazer coisas que só mulheres tem paciência!
Muito obrigada pelos elogios, viu?!
Espero que volte logo!
Quanto as tarefas de dona de casa, sinceramente, não acho que seja o mais difícil. Pra mim a distância dos meus pais, irmãos, amigos e adaptação em SP tem sido o maior desafio.

Bjs!

Andréa Christina disse...

Eu tb vou, eu tb vou!!!
deixa passar o concurso!!!
BJs

i-relevante disse...

Eu tb quero ir!!! Também quero ver vocês!!! Eu tb quero virar recém-casada! hehehehe