terça-feira, 30 de setembro de 2008

Desmaio ao ver sangue

Fico muito incomodada quando vou tirar sangue, porque se viro pro lado e vejo sem querer o tubinho; já era: a pressão cai e desmaio na hora. Não consigo me controlar, queria ser mais forte, mas é praticamente impossível. Então, procurando na net, achei essa reportagem sobre o assunto e entendi a explicação. A reação do desmaio é praticamente uma questão de sobrevivência. rsrsrs Adorei!

A evolução do desmaio
Por que algumas pessoas perdem os sentidos quando vêem sangue? Segundo pesquisas o que hoje parece inconveniente na verdade é um mecanismo ancestral de sobrevivência


Assim que a faca do professor começa a dissecar a pele do cadáver, a estudante de medicina desmaia. Seus colegas sentem pena, pensam que ela é frágil demais para ser médica. Mas eles estão equivocados: o problema da aluna não é fragilidade. Pessoas saudáveis que desmaiam ao ver algumas gotas de sangue revelam uma estratégia de sobrevivência, não a incapacidade de suportar circunstâncias desagradáveis da vida. Trata-se de um mecanismo de adaptação inscrito nesses indivíduos pela evolução.
Durante muito tempo os médicos acreditaram que esse comportamento teria origem psíquica, isto é, seria induzido por emoções, já que não se observa causa orgânica alguma: o eletroencefalograma (EEG) parece normal; os batimentos cardíacos e a pressão arterial estão apenas um pouco elevados; o eletrocardiograma (ECG) mostra que o coração funciona como deveria.
Pesquisas recentes, entretanto, mostram que nem todo desmaio tem origem psicológica. Nesses casos, o ritmo cardíaco torna-se mais lento, quase imperceptível; a pressão arterial é extremamente baixa, ficando, às vezes, abaixo do limiar de detecção do instrumento de medida. Ao recobrar a consciência, essas variáveis voltam rapidamente ao normal. Poucos minutos depois, a pessoa já pode ficar em pé. Tudo indica que ela teve um colapso circulatório temporário, ainda que grave − o termo médico para tal ocorrência é síncope. A perda de consciência resulta, claramente, de processos físicos que, do ponto de vista evolutivo, parecem fazer sentido.
A pessoa desmaia quando o sistema parassimpático ordena a redução do batimento cardíaco, diminuindo o fluxo sangüíneo para os órgãos. É a chamada síncope vasovagal: ocorre perda de consciência (síncope), pois os vasos (do latim “vasa”) se dilatam e o nervo vago reduz a atividade cardíaca.
Leia mais:

5 comentários:

Lisi disse...

Oi, achei seu blog na Iana e gostei. Eu tenho problemas com peso e quando criança desmaiava ao ver sangue, era pá - pum! Depois aprendi a controlar o mal estar e não apagar.
Espero ler mais posts!
Parabéns.

Paula & Leno disse...

Oi tenho 25 anos e desde pequena sofro com este probleminha é ver sangue ou imaginar uma dor muito forte q pá-pum caio dura no chão...
Já passei em varios médicos...
E só agora entendi o porque...
Obrigada... Este post foi muito impotante pra mim...
bjkss

Alyne. disse...

Comecei a desmaiar na adolescência e até agora, com 20 anos, não consigo controlar o desmaio...odeio quando acontece, mas fico mais tranquila ao saber que trata-se de um macanismo de adaptação.

Anônimo disse...

meu broblema e um pouco maior sou academica de enfermagem e quando vejo alguma cirurgia desmaio. ai meu Deus tenho medo de nao me livrar disso.

Anônimo disse...

Eu tenho o problema de desmaio ao tirar sangue,umas vezes eu não tive nada utra eu tive acredito que da para supera esse problema com a pratica,uma vez um medico me disse que tinha o mesmo problema que teve de enfrenta na faculdade assistindo videos,ele superou!